4 dicas para gestão de energia pessoal e de sua empresa

Atualmente, o país está vivendo uma situação de crise econômica alarmante que está refletindo em grandes conflitos no Brasil. Por isso, devemos pensar especialmente na economia de energia, um consumo responsável empresarial e pessoal é essencial. Por isso, listamos algumas dicas para, não somente seus negócios, mas também no dia a dia de toda população.

Dica 1: Consumo sustentável

Antes de pensar nos gastos que o consumo de energia pode trazer, pense no meio ambiente. O maior desafio é a emissão de gases poluentes para a atmosfera, sendo um dos maiores responsáveis do aquecimento global.

Um consumo sustentável é aquele no qual a utilização de produtos e serviços são feitas de forma consciente, equilibrando o atual consumo excessivo. Algumas tarefas simples a fazer é apagar as luzes dos ambientes em que não estão em utilidade, utilizar a luz natural durante o dia, entre outros.

São tarefas assim que fazem toda a diferença, pois além de ajudar na preservação do meio ambiente, traz benefícios com a diminuição dos custos de energia.

Dica 2: Prefira equipamentos com selo Procel

Ao fazer uma compra, preste atenção no selo Procel. De acordo com o site Procel Info, “o selo tem como finalidade ser uma ferramenta simples e eficaz que permite ao consumidor conhecer, entre os equipamentos e eletrodomésticos à disposição no mercado, os mais eficientes e que consomem menos energia”. Por isso, é importante o selo Procel.

Dica 3: Utilize lâmpadas fluorescentes compactas

As lâmpadas fluorescentes compactadas gastam 80% menos de energia que as incandescentes, ou seja, mais economia. Muitos reclamam que o preço da lâmpada fluorescente é mais caro, porém, ela gera uma economia a longo prazo, durando em média 8 mil horas.

Dica 4: Segurança

Chegamos à última dica, mas com a mesma importância das outras. A segurança pessoal como a de seus funcionários e clientes não pode ser deixada de lado. Deve-se ter cuidados com reparos e instalações, e principalmente, se a fiação está em bom estado, para que não ocorra problemas de curto.

A participação da população e das empresas é essencial para o desenvolvimento de um meio ambiente sustentável. Alguns hábitos como este são simples e podem começar dentro de casa e passar para pequenos, médios e grandes negócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *